Ticker

6/recent/ticker-posts

Homem pega peixe de 100 kg em praia e vende por R$ 500



Uma história que parece ter saído do famoso conto O velho e o Mar, de Ernest Hemingway, ocorreu no Rio Grande do Norte. E aconteceu de verdade, com direito a fotos e vídeos nas redes sociais para provar que não é apenas uma "história de pescador".

Gilvan Paulo do Nascimento, de 41 anos, travou uma luta de horas, mas conseguiu pescar um animal de cerca de 100 kg em uma praia da cidade de Canguaretama, no litoral sul do Rio Grande do Norte.

A história foi compartilhada nas redes sociais nessa segunda-feira (7/2). É possível ver os minutos finais da batalha que durou cerca de duas horas, segundo Nascimento, no vídeo. Enquanto o pescador recebe ajuda de outro homem para tirar o peixe do mar, o cinegrafista comenta "precisou de dois caras para puxar" enquanto outra pessoa responde "cada luta tem sua recompensa".

"Eu peso 55 quilos e tirar um peixe de 100 quilos da água foi luta, foi muita força, e eu ainda precisei da ajuda de outro pescador", disse Nascimento em entrevista ao portal G1. Na entrevista, o homem contou também que o peixe, de 2,25 metros, foi vendido assim que saiu da água por R$ 500. "Depois apareceram outras pessoas para comprar mais caro, mas aí eu já tinha vendido", falou o pescador.

Segundo ele, não foi a primeira vez que pescou um animal tão grande. Nascimento disse que já tinha visto animais da mesma espécie, só que um pouco menor. Ele conta que tem costume com o mar e que pesca desde criança.

O pirapema ou camurupim é um peixe reconhecido por passar dos 100 kg de peso e comum em quase toda a costa brasileira, do extremo norte do país ao Espírito Santo. Quando jovens, eles migram da região de mangue e delta dos rios para o alto mar, onde passam a maior parte da vida adulta. É uma espécie considerada vulnerável à extinção.

Postar um comentário

0 Comentários